Voltar ao site

Uesb distribui doações da “Ação da Cidadania” em comunidades

· Notícias,Na Mídia
Em tempos de pandemia e distanciamento social, a semana é de esperança e alívio para muitas comunidades de Jequié, Vitória da Conquista e Pau Brasil, nas terras indígenas Caramuru-Paraguaçu. A “Ação da Cidadania” trouxe para a Bahia três carregamentos de alimentos e material de higiene para serem destinados às comunidades quilombolas, indígenas e de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Ao todo, são cerca de 3.500 cestas de alimentos e kits de limpeza e higiene.
 

Com a parceria, a Uesb cumpre, mais uma vez, seu papel na comunidade, por meio de ações de extensão e voluntariado. Com o lema “Quem tem fome, tem pressa”, a campanha já beneficiou famílias das comunidades de Jequié com alimentos básicos como feijão, arroz, macarrão, fubá de milho e óleo de soja, e itens de limpeza e higiene como creme dental, sabonete, desinfetante e papel higiênico. A cidade foi a primeira a ser contemplada, com doações para os bairros Mandacaru, Vila Nova Avenida, Cidade Nova e Chácara Provisão.
 

A mediação dos carregamentos arrecadados está sendo realizada pelo Centro de Pesquisas Agro Ambiental da Uesb (Cipam) e a distribuição coordenada por professores e voluntários da Uesb de Vitória da Conquista e Jequié. Participam das ações os professores e pesquisadores da área de relações étnico-raciais: José Ricardo, do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas, e Danilo Pinto, do Departamento de Ciências Humanas, Letras e Artes; além de professores de outros Departamentos, voluntários e bolsistas da Universidade.
 

“Ação contra o corona” na Bahia – O objetivo da campanha “Ação contra o corona” é levar alimentos para os mais atingidos pela crise sanitária do país e amenizar os impactos negativos da pandemia. Na última quarta, 5, foram distribuídos 1.000 kits de alimentos e material de higiene. Já nesta sexta, 7, a ação chegará em Vitória da Conquista, com 1.000 kits para as comunidades quilombolas Lagoa de Melquíades, Baixa Seca e Velame. Em seguida, a ação seguirá para o município de Pau Brasil, no sul da Bahia, para a distribuição de 1.500 kits em terras indígenas.
 

A “Ação da Cidadania”, com sede no Rio de Janeiro, foi criada pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho. Seu principal eixo de atuação é uma rede de mobilização formada por comitês locais da sociedade civil organizada, em sua maioria composta por lideranças comunitárias, e com a participação de vários setores sociais. Assim, o projeto une, de um lado, a organização com expertise no combate à fome e a miséria, e, do outro, a vivência e experiência de professores e pesquisadores da Uesb, que trabalham com temas ligados a quilombolas, indígenas e inclusão social.

De acordo com o professor Danilo Pinto, desde o início da pandemia, a campanha já arrecadou mais de 4,8 milhões de quilos de alimentos e kits de limpeza e higiene, beneficiando mais de 240 mil famílias em todo o Brasil. Para o professor José Ricardo, no contexto de crise, se faz necessário desenvolver o maior número possível de ações que possam dirimir os problemas causados pela pandemia. “A participação da Uesb nessa ação faz parte da sua função social enquanto instituição pública”, destacou Ricardo.

A ação conta ainda com a colaboração de diversas associações, coletivos e movimentos sociais da Bahia.

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK