· Notícias

O fundador da Ação da Cidadania, o sociólogo Herbert de Souza, era hemofílico e contraiu o vírus da AIDS em uma transfusão de sangue. Além de ser um grande ativista pela luta contra a fome, militou pela criação de políticas públicas que atendessem pessoas soropositivas.

Por causa dessa luta o Brasil se tornou referência mundial de combate ao HIV, com programas replicados em muitos outros países. Com os recentes números que mostram o crescimento do número de pessoas infectadas, o presidente do conselho da Ação da Cidadania e filho do Betinho, Daniel de Souza, produziu o documentário Tentem Entender o que Tento Dizer, que apresenta pessoas de diferentes origens que convivem com a doença.

Dirigido por Emília Silveira, o longa documentário teve pré-estreia no dia 4 de maio no Odeon e contou com a participação dos mais de 200 líderes comunitários que participam da rede da Ação da Cidadania.

“Amei o filme, abordou assunto super importante, porém pouco debatido. Ele não só falou sobre o HIV e AIDS,mas também sobre preconceito, discriminação e sexualidade”, contou Luana, da comunidade Bela Vista, município de Belford Roxo, presente na sessão. Ela continua:

“Me chamou bastante atenção o depoimento em que foi dito que o menino sofria violência sexual muitas vezes sentado no colo de um adulto de 30, 40 anos e ele apenas com 7, 8 anos. Vivemos em uma sociedade na qual tem fechado os olhos pra muita coisa. Esse filme trouxe uma realidade do nosso dia a dia que muitos não quem ver ou ouvir. Acredito que nascemos pra fazer a diferença, vou multiplicar tudo que hoje eu aprendi”.

O filme em breve será disponibilizado gratuitamente, para que sirva como instrumento de conscientização e aprendizado sobre esse tema.

Assista ao trailer: https://vimeo.com/305748703

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly